O Que Você Precisa Saber Você e seu médico

     Depois de um diagnóstico de mieloma a interação com seu médico será freqüente. É vital que você construa um bom relacionamento com ele e que vocês possam se comunicar com facilidade. Embora médicos sejam pessoas ocupadas, que frequentemente trabalham com um horário restrito para cada paciente, lembre-se sempre que esse momento é muito importante. Não se apresse, faça perguntas e certifique-se de que recebeu toda informação solicitada.

     É importante fazer perguntas para seu médico. Isto é particularmente importante se você não entender aquilo que esta sendo dito a você. O mieloma é uma doença complexa e pode ser difícil entender as explicações, especialmente quando você está sob tensão. Sempre que possível, as informações importantes devem ser dadas na presença de um parente ou amigo e os detalhes devem ser dados por escrito pelo médico. Como opção você pode fazer anotações antes, durante e depois da consulta.

     Durante todo o tratamento e o curso da doença sempre haverão dúvidas a ser esclarecidas. Uma boa dica é manter uma lista de tudo o que você gostaria de perguntar. Durante a consulta você e seu médico podem checa-la juntos.

    Como sugestão, veja a lista de perguntas abaixo:

   • O que você acha que há de errado comigo?
   • Quais os exames que preciso fazer?
   • Quando terei os resultados?
   • Quais as opções de tratamento que tenho?
   • Quais as alternativas?
   • Quais são os objetivos do tratamento?
   • Como é exatamente esse tratamento?
   • Esse tratamento foi utilizado por algum de seus pacientes?
   • Foi bem sucedido?
   • Qual a duração do tratamento?
   • Será necessário hospitalização?
   • Poderei levar vida normal?
   • Como me sentirei durante e depois do tratamento?
   • Qual o tempo médio de recuperação?
   • O que acontece se o tratamento não der certo?
   • A quem devo procurar se eu tiver mais dúvidas?