Histórias de Pacientes Márcia
comunicacao@myeloma.org.br

Meu esposo foi diagnosticado com mieloma múltiplos em Junho de 2017, aos 38 anos. Depois de meses com fortes dores nas costelas, vomitando e com perda de peso e ser socorrido várias vezes e levado ao hospital, foi internado com exames renais alterados. Ele estava em um quadro grave de uremia e já com água nos pulmões. Ficou internado 28 dias, onde os médicos investigaram e descobriram a origem da doença e a causa das disfunções renais que acabou o levando para hemodiálise. Na ressonância que foi feita, ele tem lesões na coluna, bacia e costela. Foram meses terríveis, ele mal andava, sem forças, mal conseguia ficar de pé, perdeu 32 quilos, sofreu muito, mas um dia na consulta com o nefrologista ele então me falou: ele chegou no limite da doença, mas a partir de agora tudo vai melhorar, ele vai renascer, vai levantar. Vcs são evangélicos e eu respondi q sim e ele continuou, cante hinos a Deus, para com ele no seu quarto, porque ela vai sair dessa.

Escutar isso de um médico, onde a maioria de acham o próprio Deus, fortaleceu ainda mais minha fé e assim fazíamos. Se passaram seis meses de hemodiálise e tratamento do câncer com ciclofosfamida, seca e talidomida, mas no dia 24 de Dezembro Deus o presenteou, os rins voltaram a funcionar e então ele foi afastado da clínica, eu creio q isso é apenas o caminho para o milagre, ele continua com a fístula para qualquer emergência, mas creio que o Deus que começou a grande obra, há de aperfeiçoar. Ele então ficou num quadro "instável" anda, dirige, viaja, faz td, embora com suas limitações. O câncer não vem baixando tanto quanto o médico espera, hj estamos lutando para conseguirmos o velcade para acelerar esse tratamento, ele já está na fila de transplantes, esperando ansioso o tão sonhado dia e crendo que Deus tem Seus propósitos em nossa vida e q basta uma palavra dEle q o milagre chega, o dia da Vitória está próximo.

Mieloma múltiplo CADA DIA CONTA!

 

Participe. Conte você também a sua história. Clique aqui!